Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Carroça de Ouro

sombras cheias de luz e silêncio em altos sons.

Carroça de Ouro

sombras cheias de luz e silêncio em altos sons.

o camarão?

Não sei o que é mais triste, se o desespero, ou o desespero... Porque não pode haver outra razão para a Lucina Abreu ter feito esta coisa do camarão...

 

Certo que nenhum dos projetos da rapariga é a puxar para o intelectual (quem dá o que tem, a mais não é obrigado), no entanto deveria existir limites, nem que fosse para não ter vergonha quando sai à rua. A mim deu-me um bocadinho de vergonha alheia quando estava a fazer zapping e dei com moça a cantar num castelhano arrastado sobre o camarão isto e o camarão aquilo... Barda merda mais ao camarão, faz-te óme pah!

Pode ser verdade que agora anda aí a moda das músicas latinas, despacitos e coisas que o valha, mas qual é a necessidade disto.

 

Eu até acho que ela tem todo o potencial para ser tudo o que quiser, mas ser-se bonitinha e sensual não é tudo, principalmente quando as entranhas gritam bimbalhisse, e ela veste aquelas coisas pindéricas até vir a mulher da fava rica!

Nem sequer tive coragem de ir ver a letra da música.....

 

Dái-me paciência senhor, para suportar esta triste vida dos outros

 

 

tronco nú e bordas de fora

Anda já a algum tempo um queixume permanente por esses blogs (e fora deles), claro está que para ser permanente é porque na realidade não tem importância nenhuma, caso contrário o bom português olvidava-se 2 semanas depois (no máximo).

 

Então não é que as mulheres desta vida andam todas encrispadas porque andam por aí homens a passear-se de tronco nú??? Bom na realidade não é o tronco nú que causa a revolta, mas sim o facto de não serem uns Adónis, se fossem não havia queixume.

 

Ora pelos vistos anda por aí muito homem que não tem os requisitos mínimos para despir a camisola em público, e como tal devem retirar-se para um local privado, ou deserto. Não vão ficar as senhoras traumatizadas para sempre.

Sugeria só que antes de irem, peguem nos milhares de mulheres que teimam em vestir leggings quando em vez de pernas têm betoneiras de cimento, e aquelas miúdas que continuam a vestir aqueles calções com cintura subida e as bordas à mostra, quando uma burka não era suficiente para tapar tamanho degredo.

 

Vamos lá ser racionais, e abrir os olhinhos, sim?

 

 

já venho

Decidi tentar retomar esta actividade de maldizente "profissional", digo profissional , porque levo esta tarefa muito a sério, e acredito que seja um serviço público.

Não deixei de fazê-lo propositadamente, talvez porque a vida me foi trazendo outras coisas que me ocuparam.

Não que agora tenha mais tempo, muito pelo contrário, a minha vida deu uma volta tão grande que até fiquei mareado.

 

Depois de mais de 18 meses fora desta esfera, não tenciono fazer um resumo do que fui perdendo e tecer comentários, diga-mos que farei uma espécie de reset e começarei a lançar o meu veninho para coisas novas que irão aparecendo.

 

até já

ao volante

Vinha entretido a caminho do trabalho e comecei a reparar nas pessoas que estavam à minha volta. Decidi encontrar diferentes tipos de condutores e os mais usuais são:

- Os Quasimodos desta vida: quem nunca esteve atrás de um carro com o condutor tombado para a direita, parece que têm um cabrão de um tijolo debaixo da perna esquerda, para não se magoarem nas hemorróidas;

- Os sem-articulações: aqueles estilosos que além de serem Quasimodos, também perderam a articulação do cotovelo e conduzem com braço todo esticado, agarrando o volante pelo ponto mais a norte;

- Os Eu conduzo bem é com os cotovelos: pessoas que puxam o banquinho do carro todo para a frente de tal forma que o ante-braço fica apoiado no volante e conseguem conduzir com o cotovelo;

- Os reza para que não esteja sol: são aquelas alminhas que para além de conduzirem com os cotovelos, puxam o banco todo para cima, e assim que entram no carro começam as avé marias e pais nossos, para que o céu esteja encomberto, porque elas não têm espaço para baixar a pala do carro sem que a mesma lhe bata nos cornos;

- A Inveja é coisa feia: a última categoria não é bem um tipo de condutor, mas sim um tipo de pessoa. São aquelas sumidades que têm um autocolante no carro a dizer "A inveja é coisa feia" e um boneco com dois piretes. Ora eu pergunto a estas pessoas se têm vergonha na cara, se têm problemas de vista, ou se são apenas metecaptos que mereciam descer o Bom Jesus de Braga de boca. Primeiro, ninguém tem inveja de um opel corsa ou de um saxo cup cheio de tunning. Segundo, matem-se caralho.

de mansinho se vai ao longe

venho de mansinho, ponho aqui qualquer coisa e já está!!

 

Não preciso de explicar a ninguém as razões da minha ausência. No entanto como sou bom rapaz vou deixar 3 hipóteses, quem estiver interessado escolhe uma:

 

1. Fui detido por violência no local de trabalho, enfiei com um remo nos cornos do meu chefe, e estive no Gulag de castigo.

2. Apaixonei-me em Julho, casei em Agosto, tive um filho em Setembro, de ressaca em Outubro, e a ganhar coragem em Novembro.

3. Tive uma viagem ao Malawi, apanhei uma doença que encarquilha os dedos das mãos que me impossibilitou de escrever no blog.

 

até mai'logo

+Superior

é assim que se chama um apoio qualquer que oferece bolsas de estudo a 1.020 estudantes para se inscreverem em instituições de ensino superior no interior e alentejo.

 

Não sei quais são os requisitos para a atribuição das bolsas, mas acredito que seja por mérito e pelas as notas de entrada. Seja como for, não é isso que me dá urticária, mas sim o despropósito da essência da bolsa.

 

Contas fáceis, cada bolsa tem o valor de 1.500€, sendo 1.020 alunos dá um total de 1.530.000€ (um milhão, quinhentos e trinta mil euros) por ano.

Ora como a bolsa apenas diz respeito às candidaturas, o aluno apenas recebe este valor no primeiro ano de faculdade.

 

Parece-me que não é de todo a melhor política para se gastar um milhão e meio de euros com a educação superior.

 

Tendo em conta os objéctivos do programa, o aluno que opte ir para uma destas universidades em detrimento de uma mais central, como em Lisboa ou Porto,terá uma ajuda monetária.

 

Diz-me a experiência que, nessas mesmas universidades as propinas são mais baratas, o custo de uma renda de um quarto é muito mais baixo, pelo que, por si só, ir estudar para o interior já teria um ganho económico. Não há necessidade de oferecer 1.500€ por três anos a um aluno (42€/mês).

 

Querem que essas universidades tenham mais pessoas para ajudar as cidades, etc, então optem por investir esse dinheiro numa melhoria do ensino, em programas e cursos interessantes e inovadores, com 1.530.000€ dá para fazer muita coisa. Se a Universidade de Évora for considerada como a melhor na licenciatura X ou o Instituto Politécnico de Portalegre numa engenharia Y, de certeza que não vão faltar candidatos.

 

Muito dinheiro se esbanja neste país...

Acho que não devia fazer isto

Chego à conclusão que não devo ser a pessoa indicada para ter um blog. A minha vida é uma seca, não tenho histórias, tudo corre normalmente, ou então sou eu que sou um palerma e acho que tudo é normal.

 

Não sou pessoa para falar de bola e política e coisas deste género, foi até por isso que criei esta porra, porque estava farto de ver todos os blogs a falar disso. Vai na volta ou começo a falar sobre a desova do carangueijo no mar do norte, ou passam-se dias sem ter porra alguma que escrever.

 

De qualquer forma vou continuar, não devia, mas vou continuar.

 

 

há coincidências...

e coisas que nunca deviam acontecer.

Dois amigos foram sair, e um decidiu que tinha encontrado uma miúda que lhe enchiam as medidas.. Depois de conversa feita, já os amigos estavam junto do grupo das amigas e o interessado perguntou o último nome para colocar no facebook e serem amigos. Ao que a moça tão gentilmente acedeu.

Ela: "Asdrubal".

Ele: e disseste que o teu pai é médico?

Ela: sim.

Ele: E por acaso não é "Luis Asdrubal"?

Ela: É, porquê conheces?

Ele: Claro, então o teu pai é namorado da minha mãe...

Ela: Ah a tua mãe é a "Raquel"?

Ele: É! :)

Ela: O MEU PAI É CASADO, E JÁ DISSE À PUTA DA TUA MÃE PARA DESAPARECER DAS NOSSAS VIDAS....

 

Meia hora depois, o interessado para o amigo, "ainda vou comer a gaja"...

Tem de se dar o valor pela preserverança, contra tudo e todos!!!

o que eu gosto mesmo...

é dos casais que vão de roupinha combinada.. 

 

Olha, fico pa morrer com tanta fofice juntaaa... (ler alto com voz anasalada)

 

Desta feita, estava a minha pessoa a beber uma buída alcoólica num bar bem calmo da capital, quando se junta um casal a um grupo de mais 6 pessoas. Pois que as beldades da noite vinham todos fofinhos às riscas horizontais azuis e brancas. Pareciam eles uns marujinhos da marinha armada russa!! (o imediato foi "Fooooda-se")

 

A seguir pensei com os meus botões, como é que esta gente terá decidido a roupa que trouxe:

- Acaso não existe, e mesmo que tivesse acontecido, remediava-se quando olhassem um para o outro e reparassem que estavam ridículos.

- Ele despachou-se primeiro (como é mais normal nos homens) e ela ao reparar que ele tinha a T-shirt das riscas comprada na H&M, decidiu levar o vestido comprido igual. "que eu gosto que as pessoas percebam que estamos apaixonados"

- Foi ela que escolheu a roupa para ambos vestirem. Anda por aí tanto homem que passa por isto que até mete pena. (Mete pena, e mete-se um lapadão nas trombas para abrirem os olhos.)

 

Seja qual for a razão, nenhuma delas é válida para se sair à rua a fazer figuras tristes. Certo?

 

Gente por mais que achem piada, ou que achem que vão fazer furor, não se ponham com merdas, isso é mau demais, só serve para quando a noite acabar os restantes casais irem comentar para casa "Os marujinhos hoje estavão uns queridos"...

 

Resolvia-se bem à moda da Carroça, com um remo p'las ventas!!

 

Pronto, não tem nada que agradecer.

 

 

do que eu me safei

Pensavam que um post depois de uma ausência era suficiente... Enganaram-se, e bem, que eu não sou menino de mandar só um(a)!

 

Pois no tempo que estive fora (até parece que fui para o estrangeiro) houve muitos temas que eu não meti o bedelho, foram eles:

 

- Benfica campeão, tudo era encarnado, tudo era BI, tudo era cânticos, tudo era festa, tudo era estúpido que nem uma rolha de cortiça, gentalha que se contenta com pouco não pode pedir muito! É disto que o meu povo gosta, é disto que Portugal precisa. (em rodapé fica a nota que eu sou do Benfica)

 

- A Kim Cardachas está grávida, e o social explode, tal qual como ela assim que aquela porra chegar ao 3 meses. Li num sítio qualquer que o pai ou padrasto (que acho que agora é madrastra) hoje em dia está uma mulher mais bonita que ela. Verdade, e não é assim tão difícil.

 

- O Blatter foi eleito novamente, eu quero lá saber dessa merda para alguma coisa, numa organização sem fins lucrativos que tem 300 milhões de lucro qualquer um serve.

 

- O Blatter demitiu-se, eu quero lá saber dessa merda para alguma coisa, numa organização sem fins lucrativos que tem 300 milhões de lucro qualquer um serve.

 

- O Sporting ganhou a Taça de Portugal, 40 pessoas no Marquês, três buzinadelas e o Bruno de Carvalho parecia uma puta à volta dos jogadores, só faltava uma punhetazinha assim de esguelha. (em rodapé fica nota que gostei que o sporting tivesse ganho)

 

Vai na volta eu não perdi nada, e vocês depois de lerem o que escrevi, também deduzem o mesmo.